• Manutenção Subestações e Linhas de Transmissão - UTE Vale do Açu / FAFEN - Petrobras


    CLIENTE: PETROBRAS


    - Substituição Membrana TC, com By pass energizado – FAFEN


    Realização de serviço de manutenção de TC, com utilização de Técnicas de Linha energizada, onde foram realizados os seguintes serviços:

    • MONTAGEM DE CONJUNTO ISOLANTE (próximo ao TC Chesf (94F1-2), outro próximo ao disjuntor 14F1 e outro próximo ao TC FAFEN (94F1-1) – Lado Chesf);
    • INSTALAÇÃO DO CABO BY-PASS;
    • DESACOPLAMENTO DO TC FAFEN – Lado TC CHESF (94F1-2);
    • DESACOPLAMENTO DO TC FAFEN – Lado Disjuntor FAFEN (14F1)
    • SUSBTITUIÇÃO DA MEMBRANA DO TC FAFEN (94F1-1);
    • INTERLIGAÇÃO DO TC E REIRADA DE CABO BY-PASS;
    • ACOPLAMENTO DO TC FAFEN – Lado Disjuntor FAFEN (14F1);
    • ACOPLAMENTO DO TC FAFEN – Lado TC Chesf (94F1-2);
    • RETIRADA DO CABO DE BY-PASS.



    - Manutenção de chaves seccionadoras 230kV - UTE Vale do Açu

    conforme determinação da especificação técnica MD-9208.00-7602-716-PHF-001 da Petrobras, foram executados os seguintes procedimentos para a manutenção preventiva geral das chaves seccionadoras:

    Montagem de conjunto isolante em andaime construídos em RITZGLAS®, cujas características elétricas e mecânicas atendem às normas IEC-855 e ASTM-F-711, o que permite o seu uso em instalações energizadas em tensões até 800 kV.

    Acesso ao potencial, com utilização de roupa condutiva específica, que permite ao eletricista equalizar o seu potencial com o campo elétrico do ponto energizado onde serão realizados os trabalhos. Esta vestimenta atende os requisitos da norma IEC 60895.

    Desconexão dos pulos (cabos) energizados que interligam a chave ao barramento para liberação da mesma para os trabalhos de manutenção preventiva na chave seccionadora.

    Reconexão dos pulos (cabos) energizados que interligam a chave ao barramento para, após os trabalhos de manutenção, retorno à situação normal.

    COLUNAS GIRATÓRIAS E FIXAS 

    a. Desmontagem e remontagem dos mancais de esfera, rolamento ou de buchas das colunas.
    b. Verificação dos estados das esferas ou rolamentos, substituindo se necessário. 
    c. Instalação de pinos graxeiros nos seccionadores que não disponham destes dispositivos.
    d. Lubrificação e ajustes dos mancais de esfera, rolamento ou de buchas das colunas.
    e. Inspeção / substituição de parafusos que apresentem oxidação.
    f. Inspeção e limpeza geral dos isoladores, realizando-se:
        -  Lavagem com água.
        - Remoção dos encrostamentos, utilizando álcool e tecido de algodão (morim), e quando necessário, usar palha de aço com pasta abrasiva, preservando o esmalte da porcelana.
        - Polimento com cera a base de silicone.
        - Substituição dos isoladores com trincas ou corrosão acentuada. Tratar e pintar partes metálicas com início de corrosão; aplicando processo de pintura compatível com a superfície e acabamento na cor cinza.

    CONTATOS FIXOS E MÓVEIS 

    a. Desmontagem, limpeza, remontagem e ajuste dos contatos fixos.
    b. Desmontagem e remontagem dos mancais de esfera, rolamento ou de buchas dos contatos móveis para lubrificação e substituição se necessário de esferas, rolamentos, ou buchas.
    c. Desmontagem e remontagem para avaliação e substituição (se necessário) das molas de amortecimento e pressão dos contatos móveis e fixos respectivamente.
    d. Desmontagem e substituição de conectores comuns por reforçados e cabos dos contatos fixos e móveis para substituição da pasta inibidora cobre-cobre e alumínio-alumínio. Torquear conexões.

    MECANISMO DE ACIONAMENTO E TRANSMISSÃO:

    a. Verificação das molas de contrapeso quanto à oxidação, quebra e ajustes. Substituí-las, se necessário.
    b. Verificação da existência de folgas nos acoplamentos e articulações das hastes de acionamento (hastes de interligação entre pólos e a haste vertical de transmissão de movimento do seccionador). Ajustar e eliminar folgas, corrigindo ângulo de abertura igual ou acima de 70°,
    c. Inspeção funcional dos redutores para avaliar a necessidade de substituição dos rolamentos, se necessário. Além da lubrificação deverá ser incluída a substituição dos retentores do eixo da coroa e do sem fim por outros de dupla vedação, com proteção contra sujeira e pó abrasivo do meio ambiente.
    d. Verificação do estado dos pinos e contrapinos, substituindo-os, se necessário.
    e. Verificação da funcionalidade do bloqueio de acionamento manual mecânico.
    f. Medição dos tempos de abertura e fechamento em seccionadores motorizados, para constatação de que os mesmos se encontram nos limites da normalidade. 
    g. Lubrificação dos pinos, eixos, articulações e engrenagens, quando aplicável.

    BLOCO DE CONTATOS AUXILIARES (CA)

    a. Limpeza, ajuste e verificação funcional de atuação dos contatos auxiliares (utilizar produto específico para limpeza de contatos).
    b. Inspeção do estado da fiação quanto ao ressecamento e oxidação dos terminais. Alertar a supervisão quando da necessidade de substituição de partes componentes da fiação.
    c. Reaperto e verificação das conexões quanto à corrosão e contato elétrico. Se a corrosão não for acentuada, tratar e colocar limpa contato.
    d. Verificação ou correção dos ajustes da haste de acoplamento, garantindo sua funcionalidade.
    e. Para os casos de seccionadores de acionamento manual, realizar selagem com vedante a base de silicone nos copos dos blocos dos CA.

    ARMÁRIO DE COMANDO

    a. Limpeza geral no interior dos contatos de porta.
    b. Reaperto e verificação das conexões quanto à corrosão e contato elétrico.
    c. Limpeza, utilizando produto específico para contatos, de todos os componentes elétricos (chaves fins de curso, contatos de porta, relés, disjuntores, contatores, botoeiras, chaves seletoras, fusíveis, termostatos e demais componentes).
    d. Verificação da funcionalidade de todos os componentes elétricos (chaves fins de curso, contatos de porta, relés, disjuntores, contatores, botoeiras, chaves seletoras, fusíveis, termostatos, resistores de aquecimento e demais componentes). Ajustar ou substituir os componentes, se necessário.
    e. Medição da corrente elétrica nominal do(s) motor(es), verificando se estão compatíveis com a(s) especificada(s) pelo fabricante. Verificar e ajustar, se necessário, o freio magnético.
    f. Inspeção das borrachas de vedação. Substituição, se necessário.
    g. Verificação ou correção de anormalidades dos sistemas de intertravamento elétrico e mecânico.
    h. Inspeção da vedação do(s) eletroduto(s) de entrada de cabos. Substituição, se necessário ou aplicação de selante de silicone cura neutra.
    i. Verificar estado de contato de porta quanto a ressecamento e estado do pino de acionamento.
    j. Inspeção nos redutores dos seccionadores de acionamento motorizado, para avaliar a necessidade de manutenção/substituição dos rolamentos.





    - Serviços de montagem de cantoneiras em aço para recomposição das torres da Linha de Transmissão 230 kV - UTE Vale do Açu

    Conforme notificação da USINA TERMELÉTRICA VALE DO AÇU, foi identificada a ausência de diversas peças em cinco torres do tipo SG21 da Linha de transmissão 230 kV:

    3/3 – 49 peças

    15/2 – 6 peças

    10/2 – 12 peças

    19/1-  60 peças

    20/1 – 60 peças

    Assim, conforme solicitação, serão realizados os seguintes serviços:

    1 – Verificação da integridade das torres para garantir a execução dos serviços;

    2 – Preparação das peças para substituição das unidades ausentes;

    3 – Montagem das peças pré-fabricadas;

    4 – Aperto e torque dos parafusos.



  • 0 comentários:

    Postar um comentário

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.